Erros a evitar em uma sala dividida em dois espaços separados

Erros a evitar em uma sala dividida em dois espaços separados



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Devido à falta de espaço, somos frequentemente forçados a reunir em um quarto individual, dois espaços separados: o quarto do bebê e o dos pais, o quarto dos irmãos e irmãs ou o escritório na sala de estar. Algumas regras de ouro são necessárias para esses arranjos separados, para que suas metades constituam uma boa família. Pequeno resumo.

Quarto / pais do bebê: evite a infiltração de ruído e luz

A dificuldade de abrigar o aconchegante ninho do bebê perto da cama dos pais é não perturbar o sono (o inverso é inevitável), tanto pelo barulho quanto pela luz. A ausência de meia partição entre o berço e a cama deve, portanto, ser evitada! Graças a uma cortina ou a uma tela grande, é realmente mais fácil isolar o casulo da criança do possível ruído emitido pela televisão ou pelas discussões de mamãe e papai. Uma opção que também terá a vantagem de eliminar a luz emitida pelas lâmpadas de cabeceira!

Sala de irmãos: evitamos jogar "decoração única"

Do lado de irmãos e irmãs que compartilham o mesmo quarto, o principal erro a evitar é cair em um esquema de decoração única, quando muitas vezes diz respeito a duas pessoas separadas, às vezes de sexos diferentes. Para que todos encontrem seu lugar e se apropriam de seu espaço, é melhor personalizá-lo em duas etapas. Por exemplo, podemos pintar 50% da sala em rosa, a outra em azul ou colar em uma metade, papel de parede pontilhado e na outra listrada. Mas as paredes não são as únicas a expressar a pertença de cada criança ou adolescente ao seu espaço. Você também pode contar com os móveis para conseguir isso: duas camas idênticas de cores ou mesas diferentes, personalizadas pelos cuidados umas das outras. Quanto aos acessórios decorativos, como persianas, cortinas ou cortinas que separam o quarto em dois, eles participam ativamente dessa demarcação 50/50, difícil de prescindir!

Escritório na sala de estar: evitamos quebrar a estética da sala

Quando o espaço de trabalho não tem outra alternativa além de ser alojado na sala, seria errado melhorá-lo. Pelo contrário, para evitar quebrar a harmonia decorativa desta sala, o pivô central da casa, é melhor adotar a opção de discrição e camuflagem para que o escritório seja completamente esquecido. O ideal? Invista em um console com uma aba, uma prateleira como uma prateleira de parede ou um guarda-roupa com uma mesa deslizante que você puxa como se fosse uma gaveta. Móveis que permitem que o espaço de trabalho se combine perfeitamente com a decoração quando não estiver em uso. A outra dica prática e discreta? Instale ao lado dele, uma biblioteca na qual pastas e faturas misturam, nem vistas nem conhecidas, com livros de família. Assim, apesar da extrema discrição do escritório, mantemos tudo o que é necessário para poder instalar-se como se fosse um espaço dedicado por si só.